Monday, December 16, 2013

Proposta de reuso da água do banho para descarga no banheiro


Uma ideia interessante proposta pelo inventor e pesquisador em tecnologias de baixo custo Edison Urbano, do site Sempre Sustentável, apresentada pela primeira vez em janeiro de 2004, pretende reutilizar a água do banho familiar para o vaso sanitário gerando até 30% de economia de água potável e tratada.

Até 2010 o projeto teve o apoio da ONG Sociedade do Sol, famosa por viabilizar aquecedores solares de água baratos e fáceis de montar, e pretende viabilizar o reuso da água originada no banho familiar nas descargas de vaso sanitário. Segundo cálculos do projeto, existe uma correlação e equivalência entre a água gasta no banho com a utilizada nas descargas, surgindo daí uma oportunidade para equilibrar estas demandas.


No site, o projeto mostra a experiência em um sobrado residencial no bairro do Ipiranga em São Paulo/SP, onde uma família de 4 pessoas adultas conseguiu uma economia de 6 metros cúbicos de água potável por mês. A água do banho é recolhida pelo ralo no andar superior e armazenada em um reservatório de 200 litros, dele uma tubulação leva a água para a privada com caixa d'água acoplada, que ainda pode receber a água da rede caso seja necessário. O reservatório também tem uma tubulação para o esgoto e um ladrão, evitando transbordar em caso de excesso de água do banho. Uma medida de manutenção importante: no reservatório é necessário colocar cerca de 10 gramas de cloro orgânico usado em piscinas a cada 3 dias e a cada 15 dias uma limpeza geral deve ser feita.


O site Sempre Sustentável também exibe um projeto experimental de utilização da chamada água cinza (em contraposição a água negra, do esgoto) para casas térreas. O reúso da água do banho familiar para a descarga na privada seria feito através da ligação do ralo do chuveiro para um reservatório subterrâneo instalado fora da casa. Com uma peneira funcionando como sistema de filtro e clorador de passagem, além de clorador flutuante, no reservatório, a água seria enviada para a caixa d'água do vaso sanitário através de uma bomba d'água manual.

Segundo Edison Urbano, o projeto é experimental e não está sendo disseminado livremente (com todos os detalhes técnicos necessários). Isso porque ele está desenvolvendo um sistema que seja confiável para qualquer pessoa manipulá-lo (bom, bonito e barato). Existe a preocupação de que o manuseio com essa água (água cinza) possa ser feito incorretamente, e com isso gerar problemas de saúde principalmente na pessoa que vai fazer as manutenções no sistema.

Por esse motivo é que o Sempre Sustentável ainda não revela tecnicamente como fazer o reúso, apenas descrevem nos desenho como estão fazendo os testes. Só o que podem adiantar é que se fizer um bom sistema de filtros, e enviar a água (filtrada) para um reservatório e manter essa água clorada (com cloro de origem orgânica = cloro usado em piscinas), poderá usar para as descargas no vaso sanitário sem problemas.

1 comment:

Desentupidora said...

Muito importante ideias como essa, principalmente no período de seca que estamos vivendo no sistema cantareira. parabéns!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...